Sua empresa está pronta para ser data-driven?

Organizações estão investindo nos dados para impulsionar o seu negócio

Organizações estão investindo nos dados para impulsionar o seu negócio

Big Data é um dos trend topics da tecnologia. Em debates que variam de entender o comportamento do consumidor, tomar decisões mais ágeis e assertivas a avaliar tendências, a inteligência de dados está no centro. 

Uma gama de possibilidades, inovações e estratégias são desenvolvidas a cada instante para atender a demanda de análise e extração de informações. Esse é o cenário experimentado tanto em grandes organizações como em corporações mais enxutas. O Big Data continua influenciando e transformando a forma como as empresas operam e competem.

De acordo com pesquisas da PwC e McKinsey, as organizações altamente orientadas a dados têm 3x mais chances de obter melhorias na tomada de decisões e 23 vezes mais chances de obter novos clientes. 

Entretanto, ser data-driven não se resume às novas tecnologias. Não raro, empresas investem em ferramentas, automatizam os processos e compram softwares com a crença de que a partir dessas aquisições (e apenas com elas) será possível alavancar os seus resultados.

Além da tecnologia é preciso, ou melhor, é primordial impulsionar a transformação na cultura, nos processos e alterar o mindset das pessoas.  Ao falarmos de uma empresa data-driven não nos referimos a uma área em específico e sim a um modus operandi. Ser orientado a dados é ser dotado de uma cultura que percorre todas as áreas da empresa e influenciam todas as decisões. 

O que dizem os estudos?

A pesquisa How Big Data and AI are Accelerating Business Transformation, realizada pela NewVantage Partners em 2019, revelou alguns avanços nesse tema: 48% das organizações já usam dados para a tomada de decisões, contra um número de apenas 5% quando a primeira pesquisa foi aplicada, em 2006.

Esse mesmo relatório apontou que  88% das empresas entrevistadas (Fortune 1000) sentem grande urgência para investir em big data e AI. 92% delas são motivadas a investirem pela busca de transformação, agilidade e pela expectativa de tornarem-se mais competitivas. 

Mais da metade dos executivos entrevistados temem os concorrentes que já adotaram a inteligência de dados:  

  • 54,4% dos executivos relataram que a incapacidade de ser ágil e competir com os dados apresentava a ameaça competitiva mais significativa que eles enfrentavam
  • 79,4% dos executivos disseram que temiam perturbações dos concorrentes orientados a dados

Isso nos leva apontar que as empresas que adotaram os dados já conseguem mensurar melhorias de resultados e performance. As empresas líderes (91,6%) estão aumentando o ritmo de seus investimentos em Big Data e IA e  87,8% expressaram urgência em investir nesta tecnologia.

Contudo, vale ressaltar que um relatório bonito não transforma o negócio. O que impulsiona é a união e complementaridade entre dados + tecnologia + pessoas + processos + cultura. Transforme insights em ações e melhorias para o seu negócio. 

E refletindo sobre a pergunta do início do post: sua empresa está preparada para ser data-driven? Grandes e pequenas empresas já estão mergulhando nos dados e insights por eles gerados. Não existe melhor hora que agora, abandone o achismo. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *